Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > PROEX > Intercâmbio
Início do conteúdo da página

Intercâmbio

Estudantes contemplados pelo Programa de Mobilidade Estudantil recebem orientações para intercâmbio

Os destinos são Portugal, Colômbia e Peru

DSCN8779No primeiro semestre de 2019, 11 estudantes dos cursos superiores do Instituto Federal do Sul de Minas(IFSULDEMINAS) embarcarão para uma experiência de intercâmbio em Portugal, Colômbia e Peru. Mas antes de embarcar, os alunos contemplados pelos editais 143/2018 (Portugal) e 145/2018 (Colômbia e Peru) se reuniram com a equipe de Assessoria Internacional do Instituto na tarde desta última quarta-feira, 05 de dezembro, para uma reunião.

O objetivo do encontro foi esclarecer dúvidas dos intercambistas, falar sobre as normas da universidade anfitriã, a necessidade de adquirir um bom seguro-saúde, dar sugestões para conseguirem um bom aproveitamento acadêmico durante o período de intercâmbio, orientar sobre a possibilidade de participar de atividades de extensão, pesquisa e estágios e esclarecer como funcionará a compra da passagem aérea, além de dicas de como procurar alojamento, troca de moeda, entre outros assuntos.

Bolsas e auxílios

Os quatro primeiros colocados nas seleções receberão um auxílio de R$ 2 mil reais para a compra da passagem e R$ 1 mil reais para a compra do seguro-saúde. Além disso, todos os alunos receberão os benefícios oferecidas por cada uma das universidades de destino, como alojamento, almoço e jantar. 

O Instituto Politécnico de Bragança (IPB) oferece alojamento, almoço e jantar gratuitos, (exceto no período das pausas letivas). A Unibagué concede apoio financeiro de $1.000.000 pesos colombianos por mês para custear despesas de alimentação e moradia. Já a Universidad del Tolima fornece apoio de $800.000 pesos colombianos mensais. A U.D.C.A. oferece apoio financeiro de $990.000 pesos colombianos por mês e a Universidade Nacional de Piura oferece alojamento, café da manhã, almoço e jantar gratuitos (exceto nos fins de semana).

Para o assessor de Relações Internacionais do IFSULDEMINAS, Rafael Tenório, devido aos fenômenos de uma sociedade globalizada, faz-se necessário trabalhar nas instituições públicas, políticas de internacionalização que busquem a integração de instituições ao redor do mundo, em especial, as pertencentes na América do Sul. "Esse intercâmbio é importante para que os alunos aprendam uma nova cultura, um novo idioma e ampliem horizontes de novas fontes de aprendizado, nas práticas de ensino, participações de eventos de extensão e pesquisa internacionais e também, vivenciem, a partir dos estágios, novas ferramentas e um outro olhar sobre o que estão estudando”.

Expectativas

Colômbia

Luciane Procópio é aluna do 2° período do curso de Tecnologia em Gestão Ambiental. Ela foi selecionada para o intercâmbio na Colômbia, na Universidad del Tolima. “Vi uma grande oportunidade para meu curso e futura carreira. Podendo contar com a ajuda do centro acadêmico de meu curso para futuros imprevistos, decidi que representarei o IFSULDEMINAS na Colômbia, pretendo dar o meu melhor  e mostrar o porquê do Instituto ser conceituado em ensino.”

O aluno do curso de Administração do Campus Machado, Júlio César Carvalho Costa, irá para Universidad de Ibagué, também na Colômbia e conta que desde que ingressou no IFSULDEMINAS procura participar de projetos diferentes, atividades para enriquecer o currículo e conseguir uma vaga no intercâmbio. “Quando vi o edital, achei que era hora de tentar o intercambio, por só faltar um ano para terminar o curso. Essa experiência vai agregar muito no meu currículo, tanto pessoalmente quanto profissionalmente e vai complementar os projetos que já desenvolvo no Brasil. Minha expectativa é de que seja uma experiência incrível, sempre quem vai diz que é a melhor experiência. Espero voltar diferente, com outros pensamentos e formas de agir no cotidiano". Aprender um novo idioma também faz parte dos objetivos do aluno, “vou começar a estudar espanhol, baixar aplicativos para aprender para chegar lá e conseguir conversar normal. Já faço aulas de inglês, mas acredito que indo para um país de língua espanhola e desenvolvendo o idioma, ajudará também no inglês, pois facilita nosso entendimento de outras línguas”.

Portugal

kessiany Ribeiro de Andrade cursa Licenciatura em Educação Física, no Campus Muzambinho e irá para Portugal, no Instituto Politécnico de Bragança. A motivação da estudante é construir conhecimentos, ter contatos, produzir mais artigos e pesquisas. Ela conta que o processo de preparação para concorrer à vaga do intercâmbio foi árduo e já deixa uma dica para aqueles que procuram essa oportunidade, “é bem difícil todo processo de preparação, mas vale muito a pena sempre ler os editais anteriores para saber o que precisa para os próximos. Sempre participei de projetos de extensão, estágios, e publicação de artigos”.

Entre as disciplinas que ela escolheu está patinação, que sempre quis aprender. Além disso, cursará também metodologia no atletismo, esportes culturais de Portugal, psicologia do esporte e esporte de aventura que é escalada, mountain bike, canoagem. “A língua é um dos fatores positivos, apesar de ter algumas diferenças do português de Portugal para o do Brasil, mas estou tentando pesquisar sobre os costumes, alimentação, fuso horário. Vou pegar o finalzinho do inverno e queria muito ver neve, espero conseguir”, finaliza.

Peru

Tobias Adriano Vilela Carvalho irá para a Universidad Nacional de Piura, no Peru. Ele estuda Produção Publicitária no Campus Passos e espera aprender uma nova cultura, conhecer as pessoas, ver as diferenças entre as instituições e enriquecer sua bagagem de conhecimentos. “Ainda estou analisando as disciplinas que farei, mas quero começar com as introdutórias de comunicação e audiovisual. Espero poder agregar o conhecimento adquirido lá ao meu trabalho de conclusão de curso”.

Cursando Tecnologia em Gestão Ambiental, a aluna Denise Silva também irá para o Peru, na Universidade Universidad Nacional de Piura. Ela conta que sempre tentou tirar boas notas, participar de eventos da instituição, fazer estágios e pesquisas para conseguir uma vaga de intercâmbio. Lá ela cursará disciplinas na Engenharia Agronômica, “junto com minha orientadora, escolhi as disciplinas de agricultura orgânica, fruticultura, entomologia, mais para parte de agricultura sustentável que é minha área de pesquisa, já estou pesquisando no Brasil e continuarei a pesquisar lá. Espero também ter um choque de cultura, conhecer pessoas de lá, trocar conhecimentos e cultura, conhecer o país, aprender um novo idioma , que é muito importante pro currículo”.

Texto: Ascom/Reitoria IFSULDEMINAS
06/12/2018

Ouça a Federal FM 

 

Fim do conteúdo da página