Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > TIC > Acessibilidade digital
Início do conteúdo da página

Acessibilidade digital

O IFSULDEMINAS investe frequentemente em ações que visam assegurar a acessibilidade em seus ambientes digitais. Em 2016, foi publicado o plano de ação com as medidas relativas à acessibilidade digital, que definiu os principais marcos desse trabalho. A partir de 2019, as medidades de acessibilidade passaram a ter importância ainda maior, passando a contar com um indicador específico no Plano de Desenvolvimento Institucional 2019-2023 e a fazer parte do Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação 2019-2020 (Resolução CONSUP 88/2018, de 20 de dezembro de 2018).

Para cumprir com os requisitos de acessibilidade, os ambientes digitais do IFSULDEMINAS são trabalhados de acordo com as recomendações do Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico (eMAG), que, segundo o site oficial, "tem o compromisso de ser o norteador no desenvolvimento e a adaptação de conteúdos digitais do governo federal, garantindo o acesso a todos".

Ainda segundo o Modelo, "As recomendações do eMAG permitem que a implementação da acessibilidade digital seja conduzida de forma padronizada, de fácil implementação, coerente com as necessidades brasileiras e em conformidade com os padrões internacionais. É importante ressaltar que o eMAG trata de uma versão especializada do documento internacional WCAG (Web Content Accessibility Guidelines: Recomendações de Acessibilidade para Conteúdo Web) voltado para o governo brasileiro, porém o eMAG não exclui qualquer boa prática de acessibilidade do WCAG".

Para conhecer a situação de cada um dos ambientes digitais do IFSULDEMINAS, no que diz respeito à conformidade com a e-MAG, acesse aqui o relatório de acompanhamento dos ajustes de acessibilidade.

Fim do conteúdo da página