Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > PROEX > Abertura oficial IF Mais Empreendedor Nacional 2021
ptenfres
Início do conteúdo da página

Abertura oficial IF Mais Empreendedor Nacional 2021

IFSULDEMINAS e Setec lançam 1ª edição do IF Mais Empreendedor Nacional

Cerca de 1700 estudantes da Rede Federal irão atuar na remodelagem de negócios de 1400 empreendimentos afetados negativamente pela crise econômica

logoOcorreu na noite desta segunda-feira (07/06) o lançamento oficial da 1ª edição do programa IF Mais Empreendedor Nacional. O programa tem a coordenação-geral do Instituto Federal do Sul de Minas (IFSULDEMINAS); suas diretrizes, apoio e recursos vêm da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC) e conta com a adesão de instituições da Rede Federal EPCT, de todas as regiões do Brasil.

O evento on-line foi transmitido pela TVIFSULDEMINAS, canal do Instituto no Youtube, e reuniu representantes da Setec, da gestão do IFSULDEMINAS e membros das 39 instituições da Rede Federal participantes.

Na sua fala de abertura, o reitor Marcelo Bregagnoli saudou os parceiros desta ampla ação e ressaltou os números que a envolvem. Ao todo, 280 projetos foram selecionados por edital e serão executados a partir do mês de junho até novembro de 2021, em todo o Brasil. Com isso, 1400 empreendedores brasileiros vão ter seus negócios remodelados pela atuação de 1680 estudantes bolsistas, coordenados por 319 servidores da Rede. “A Rede Federal deu as mãos neste momento através de uma ação muito positiva fomentada pela Setec”, enfatizou Bregagnoli.

O programa

O modelo do programa foi idealizado e iniciado pelo IFSULDEMINAS no segundo semestre de 2020, com o objetivo de levar estudantes da instituição, supervisionados por servidores docentes ou técnicos administrativos, para atuarem junto à comunidade regional, oferecendo consultoria gratuita e especializada a micro e pequenos empresários e empreendedores individuais que tiveram os negócios afetados pela crise sanitária e econômica gerada pela pandemia da COVID-19.

Design sem nome

Devido aos resultados alcançados regionalmente e o potencial em atuar junto ao setor privado e em servir como ambiente de prática profissional para aprimorar os conhecimentos teóricos dos discentes, o IF Mais Empreendedor foi ampliado nacionalmente com aporte de R$ 6,9 milhões repassados pela Setec.

O diretor de Articulação e Fortalecimento da Educação Profissional e Tecnológica da Setec, Fabio de Medeiros Souza, esteve presente no lançamento virtual e destacou que a Secretaria vê a relevância de fomentar as ações de extensionismo tecnológico e de aproximação com o setor privado na Rede Federal, como ocorre com o IF Mais Empreendedor. “Essa é apenas uma primeira implementação dentro desse programa. A expectativa é que a gente dê continuidade a esse trabalho e a gente possa ter novos editais e continuar fomentando a transferência de conhecimento e capacitação tecnológica para o setor privado e, naturalmente, espaços de aprendizagem diferenciados para os nossos alunos”.

O gestor de Projetos, Inovação e Empreendedorismo da Setec, Anderson Sanita, também participou da cerimônia on-line e pontuou o caráter inovador do IF Mais Empreendedor Nacional, que, segundo ele, atende a todos os pilares do Fórum Econômico Mundial. Sanita ainda falou sobre a alta taxa de adesão ao programa, que tem grande potencial transformador. “A nossa diretoria, a Setec, o MEC trabalham basicamente, neste programa, as habilidades do ponto de vista de conteúdos e a aprendizagem do ponto de vista das experiências. Atreladas à adesão de 93 por cento de toda a Rede Federal EPCT, nos engrandece”, finalizou.

Edição 2021

Para viabilizar a proposta nacional, o IFSULDEMINAS lançou em março deste ano uma chamada pública para que as instituições da Rede aderissem ao IF Mais Empreendedor Nacional. A partir daí, as instituições selecionaram suas próprias equipes e coordenadores, além dos empreendimentos que irão receber a intervenção.

A gestão administrativa e operacional do pagamento de bolsas para a execução dos projetos e pela verificação do enquadramento das propostas e documentos institucionais ficou a cargo da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Extensão, Pesquisa, Ensino Profissionalizante e Tecnológico (FADEMA).

Texto: Ascom Reitoria/IFSULDEMINAS
Data: 07/06/2021
Fim do conteúdo da página