Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Institucional Geral > IF Mais Empreendedor.2020
Início do conteúdo da página

IF Mais Empreendedor.2020

IF Mais Empreendedor torna-se programa para a Rede Federal e atenderá mais de mil empreendedores em todo o país

 Versão-piloto do programa ocorreu no 2º semestre de 2020 no IFSULDEMINAS e qualificou empreendedores que tiveram suas rendas afetadas na pandemia

 

logo ifmais empreendedor v3

O programa institucional IF Mais Empreendedor, promovido pelas Pró-Reitorias de Ensino, Pesquisa e Extensão do Instituto Federal do Sul de Minas (IFSULDEMINAS) inicia 2021 com uma nova perspectiva. 

Aplicado, pela primeira vez, no segundo semestre de 2020, o IF Mais Empreendedor veio com a proposta de atuar junto à comunidade regional oferecendo consultoria gratuita a empreendedores sul mineiros que tiveram seus negócios afetados pela crise sanitária e econômica gerada pela pandemia da COVID-19.

Para este novo ano, o programa ganha dimensão nacional e passa a ser oferecido em toda a Rede de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (EPCT), que conta com 41 instituições federais, incluindo o IFSULDEMINAS, e está presente em 26 estados e no Distrito Federal.

A notícia foi divulgada pelo pró-reitor de Extensão, Cleber Ávila Barbosa, durante evento virtual de encerramento da edição 2020 do programa e que reuniu representantes da gestão, estudantes e coordenadores do IFSULDEMINAS, além da direção do Sebrae Minas, parceiro nesta iniciativa. “Devido ao destaque que este programa teve junto às cidades onde atuamos, junto aos parceiros que nós tivemos, o IFSULDEMINAS foi demandado pelo Ministério da Educação (MEC) para promover, a partir de 2021, esta proposta em âmbito nacional. Recebemos da pasta R$ 7 milhões e, agora, iremos articular com as instituições da Rede e com o Sebrae para replicar esta iniciativa pioneira”.

Balanço 2020resutados

O programa ofereceu consultoria gratuita a 140 micro e pequenos empresários e, também, a empresários individuais e trabalhadores informais que enfrentavam dificuldades e perdas por conta da pandemia da COVID-19. O atendimento se deu por meio de consultoria especializada, voltada a oferecer melhorias e inovações no processo de gestão dos negócios, prestada por 14 equipes, formadas por 77 estudantes, sob orientação
de 27 servidores, tanto docentes quanto técnicos administrativos, de seis campi do IFSULDEMINAS. Além disso, alguns empresários também receberam consultoria do Sebrae Minas.

Durante a reunião virtual, as equipes apresentaram os projetos desenvolvidos, fizeram um balanço com os resultados alcançados e analisaram suas atuações. Donizetti Isaac Jorge Pinto, graduando em Administração do Campus Avançado Carmo de Minas, avaliou positivamente o programa e relatou como foi sair da sala e aplicar a teoria na prática. “Para nossa equipe, o programa possibilitou um olhar prático do funcionamento e gerenciamento de uma empresa e como se dá todo o processo interno de uma estrutura comercial. Além disso, percebemos como o programa favorece a economia local, uma vez que fomenta o amadurecimento das empresas atendidas e impulsiona um movimento de cooperativismo de nosso município”.

Os relatos positivos não se limitaram ao ambiente interno e acadêmico do IFSULDEMINAS, pela perspectiva externa, o programa recebeu elogios pela contribuição do Instituto no desenvolvimento econômico e social da região em que atua, como pontuou a designer gráfica Viviane Cândida, da cidade de Três Corações. “Há dois anos, sonhava com meu próprio negócio e com a ajuda do IF Mais Empreendedor, tudo se tornou realidade. O projeto ofereceu um norte para iniciar o meu negócio. Aprendi muitas coisas, como planejamento, foco, comprometimento. Hoje, adquiri outra visão sobre o negócio e tenho ainda mais vontade de executá-lo".

relatoNovas oportunidades

Esta integração do IFSULDEMINAS com a sociedade gerou desdobramento que não estava na pauta do programa. Os coordenadores de projetos realizados em Muzambinho e em Carmo de Minas revelaram, durante a reunião, que empresários atendidos sinalizaram e alguns, inclusive, já iniciaram o processo de abertura de vagas para contratar estudantes do Instituto para estagiarem nas empresas. Prova de que o trabalho dos estudantes foi bem orientado pelos coordenadores e bem executado nas empresas atendidas. A arquiteta Andrea Bogarim gostou da consultoria realizada pelos alunos e acabou recrutando um deles para ser estagiário no escritório de arquitetura que possui na cidade de Três Corações. "O projeto me ajudou a pôr as ideias em ordem e a estruturar melhor meu negócio. Passamos por uma metamorfose! Daí, resolvemos contratar um dos alunos para fazer estágio no escritório”, explicou.

Parceria

O IF Mais Empreendedor teve a parceria do Sebrae Minas, que ofereceu consultoria a cerca de 100 empresários. Lucilena Pessoni de Moura, representante do Sebrae Minas, falou sobre a importante ação realizada para apoiar o empreendedorismo frente a um ano tão atípico. "Nós, do Sebrae, juntamente com o Instituto Federal e demais parceiros, dentro desta ação, levamos um pouco de esperança, de conhecimento, de transformação para cada empresário. Aos alunos que executaram os projetos, digo que vocês serão as pessoas que irão ver essas transformações aconteceram. Hoje, vocês estão neste processo de aprendizado e, amanhã, serão os consultores e os empresários à frente disso tudo. Com esta iniciativa, vocês têm a possibilidade de mostrar que existem pessoas e instituições preocupadas com os resultados a fim de transformar territórios".

Para concluir, a gestão do IFSULDEMINAS ressaltou a importância do trabalho conjunto entre as pró-reitorias e diretorias, interligadas aos parceiros externos, fazendo interlocução junto aos estudantes e coordenadores, para viabilizar o programa. "Ações como esta só reforçam a nossa identidade enquanto Instituição de Educação Profissional e Tecnológica de integrar Ensino, Pesquisa e Extensão", falou o pró-reitor de Ensino, Giovane José da Silva. Já a pró-reitora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Sindynara Ferreira, disse que as estrelas dos projetos foram os alunos. "Em qualquer ação dentro do IFSULDEMINAS só vamos ter êxitos se todos estiverem engajados e isso aconteceu, claramente, no IF Mais Empreendedor". A diretora de Extensão, Roselei Eleotério, complementou, ressaltando a importância de quem está na ponta dos projetos e expôs que "o papel das pró-reitorias é propor ações e, caso não haja engajamento dos coordenadores e alunos, não há a possibilidade de realizar essas propostas". E a diretora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Cristina Janini Lopes, lembrou que o programa IF Mais Empreendedor cresceu muito, comparado à ideia inicial, e comemorou que a proposta para 2021 é ampliá-lo em nível nacional. “ Um programa que torna teoria em prática, num fluxo contínuo, não pode parar, tem que continuar”.

IF Mais Empreendedor 2021

Com abrangência nacional, o Programa IF Mais Empreendedor, que já recebeu aporte de R$ 7 milhões vindos da SETEC/MEC (via TED específico), tem a proposta de atender 1025 empreendedores de todo o país; para isso contará com a atuação de 1025 estudantes bolsistas, coordenados por 205 servidores da Rede Federal EPCT.

No âmbito do IFSULDEMINAS, as ações para 2021 já foram iniciadas. A instituição está com edital aberto para selecionar colaboradores externos/bolsistas para atuar como desenvolvedor e coordenador de plataforma e como apoio administrativo. As inscrições podem ser feitas até 17 de janeiro. Confira as oportunidades aqui!

 
Texto: Ascom/Reitoria do IFSULDEMINAS
Informações: ProEX do IFSULDEMINAS
Data: 12/01/2020
Atualizado em 15/01/2021
Fim do conteúdo da página