Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas notícias > Notícias Gerais > Complexo Educacional Atalaia - Escritura
ptenfres
Início do conteúdo da página

Complexo Educacional Atalaia - Escritura

IFSULDEMINAS recebe a posse definitiva do Complexo Educacional Atalaia

Reitor Bregagnoli e prefeito de Três Corações assinaram a escritura pública neste mês

escritura atalaiaNo dia 02 de junho de 2021, foi oficializada a transmissão de posse do terreno onde está montado o Complexo Educacional Atalaia, que passou da Prefeitura Municipal de Três Corações para o Instituto Federal do Sul de Minas (IFSULDEMINAS). Estavam presentes no momento da assinatura da escritura o reitor do IFSULDEMINAS, o diretor-geral pro tempore do Campus Avançado Três Corações, o diretor de Administração e Planejamento da unidade e o prefeito tricordiano.

O Complexo Educacional Atalaia já havia sido inaugurado e entregue à comunidade tricordiana em 28 de fevereiro de 2020, depois de mais de dois anos passando por reforma, construção e estruturação, que custaram cerca de R$ 4,2 milhões aos cofres públicos (confira aqui a matéria completa sobre a inauguração). Porém, ainda faltava regularizar a posse definitiva do imóvel, que havia sido doado ao IFSULDEMINAS em 2017, após a prefeitura da cidade comprá-lo com o objetivo de dar utilidade pública ao local.

Sobre o processo, o reitor Bregagnoli lembrou a atuação visionária do executivo municipal, que compreendeu a proposta do IFSULDEMINAS e colocou a Educação como pauta prioritária da gestão. “É importante comemorar a efetivação desse processo, que durou mais de cinco anos e culminou com a assinatura da escritura do imóvel em nome do Instituto. Tudo isso depois de uma ação muito forte e decisiva da gestão municipal passada, que destinou recursos municipais [cerca de R$ 2 milhões] para a aquisição e repasse do imóvel ao IFSULDEMINAS. Uma ação ousada e visão de futuro para a Educação”.

Na época, o então prefeito tricordiano Cláudio Cosme Pereira de Souza havia declarado que adquirir e doar o terreno para o IFSULDEMINAS havia sido o principal ato da gestão dele. “Me chamaram de doido quando eu estava comprando um terreno que poderia ser da prefeitura e doando para o Governo Federal. Mas a Educação não tem preço. O que eu puder investir na Educação e na formação do jovem, eu vou fazer”.

A finalização do ato ficou a cargo do prefeito atual de Três Corações, José Roberto de Paiva Gomes, que manteve a postura favorável à doação. Gomes assinou a escritura pública definitiva, pelo lado do município, junto ao reitor Marcelo Bregagnoli, que assinou pelo IFSULDEMINAS. "A educação é uma daquelas áreas que não podem ficar para trás de jeito nenhum. Quando alguém conquista um diploma de nível superior a sociedade inteira ganha com novos profissionais e pesquisadores que também contribuem muito com o desenvolvimento da população. Nós agradecemos essa parceria com o IF Sul de Minas e contamos com o apoio do Instituto Federal e demais universidades, faculdades e centros universitários que ajudam a transformar a realidade do nosso povo", declarou o gestor municipal.

Histórico

Quem observa o Complexo nos dias de hoje deve se espantar com as transformações físicas e sociais pelas quais o prédio passou. Nas décadas de 1980 a 1990, ali funcionava a antiga fábrica de coturnos Atalaia, porém, com a falência da empresa, a área ficou abandonada por cerca de 20 anos, tornando-se um local ermo e causando insegurança na população da vizinhança.

A possibilidade de promover uma significativa mudança no Atalaia surgiu no final de 2015, quando o reitor do IFSULDEMINAS junto ao diretor do Campus Avançado de Três Corações, Francisco Vitor de Paula, procuraram a Prefeitura Municipal com a proposta de dar finalidade social ao prédio. A gestão municipal, em janeiro de 2017, conseguiu desapropriar e adquirir a área que estava sob judice, devido à falência da fábrica. Mas ainda era necessário que o legislativo municipal autorizasse a doação ao Instituto, que foi concretizada em 17 de maio daquele ano (acesse aqui a matéria completa sobre a doação do Atalaia ao IFSULDEMINAS).

O Campus Avançado

A nova unidade do Campus Avançado Três Corações vem integrar a estrutura montada pelo IFSULDEMINAS na cidade. Presente no município desde 2012, inicialmente como Polo Circuito das Águas, o Campus Avançado ganhou essa denominação em 2013. A primeira sede própria funciona nas dependências do antigo Colégio de Aplicação da Unincor, adquirido, reformado pelo Instituto e entregue à comunidade em junho de 2016. Confira, na íntegra, a matéria publicada sobre o assunto aqui.

Quanto ao terreno de 7.311,25 metros quadrados, onde hoje está erguido o Complexo Atalaia, logo que ficou sob a responsabilidade do Instituto passou por limpeza, reforma e construção, que duraram cerca de dois anos. As obras, coordenadas pela equipe da Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional do IFSULDEMINAS, iniciaram em novembro de 2017 e terminaram em fevereiro de 2020. Confira, acima, o vídeo mostrando “o antes e o depois” das obras no Atalaia.

Investimentos

Os cerca de R$ 4,2 milhões em recursos públicos destinados à unidade dois do campus avançado vieram de duas fontes. Cerca de R$ 3,5 milhões foram repassados ao IFSULDEMINAS pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, do Ministério da Educação, via Termos de Execução Descentralizada, ou seja, montante extra-orçamentário. Em 2017, foram transferidos para o Instituto cerca de R$ 2 milhões e, em 2018, R$ 1,5 milhão, ambos os valores foram utilizados na reforma e construção do Atalaia.

Além disso, o IFSULDEMINAS investiu mais de R$ 760 mil de recursos do próprio orçamento para a realização das obras do Complexo, aquisição de mobiliário, equipamentos e placas de sinalização e para a transferência de toda a estrutura do Laboratório de Mecânica, que funcionava na unidade um, para a nova.

Com isso, o Complexo passou a contar com quatro salas de aula; laboratórios de Mecânica (Usinagem, Desenho, Pneumática, Hidráulica, Metrologia, Ajustagem, entre outros); laboratório de Informática; ginásio poliesportivo; quatro salas administrativas e pedagógicas; três almoxarifados; áreas de convivência; auditório; circuito de câmeras de monitoramento; sistema de combate a incêndio e pânico; banheiros e rampas acessíveis; guarita para recepção e estacionamento. Todos esses setores já estão montados, equipados e prontos para receber os alunos, desde março de 2020, como explicou o reitor Bregagnoli. “Conseguimos entregar 100% do que foi proposto em termo de estrutura e equipamentos, estando o complexo pronto para as atividades, quando passar a pandemia”.

A unidade ainda possui outros espaços, como academia, vestiários, cozinha industrial e refeitório estudantil, que estão sendo equipados ou na expectativa de início do processo de licitação para entrarem em funcionamento, como afirmou o diretor de Administração e Planejamento do Campus Avançado Três Corações, Wanderley Fajardo Pereira. "Está programado para agosto o início do processo de contratação de pessoa jurídica especializada no ramo de serviços de alimentação coletiva, para produção e fornecimento, com equipamentos próprios, de lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e lanche da noite, bem como para oferta de serviços de lanchonete à comunidade acadêmica por meio de concessão de uso gratuito do espaço público destinado à instalação do restaurante e da lanchonete no campus. Também estamos aguardando liberação de recursos para iniciarmos um processo para aquisição de mais mobiliários e equipamentos, principalmente para o auditório".

Ademais, um dos diferenciais do Atalaia é estar enquadrado nos padrões sustentáveis. A estrutura possui sistemas de armazenamento de água potável com capacidade para 70.000 litros e de águas pluviais para reuso, de 214.000 litros. Ademais, haverá geração de energia solar, a partir de Julho deste ano, por meio da instalação de 132 módulos fotovoltaicos, permitindo a diminuição do custo com energia elétrica.

Educação de qualidade

Atualmente, o Campus Avançado oferta cursos técnicos na modalidade subsequente, integrado ao Ensino Médio, subsequentes e concomitantes na modalidade EaD, pós-graduação lato sensu e de Formação Inicial e Continuada (FIC). São mais de 550 alunos matriculados em cursos presenciais e outros 650 são esperados em turmas EaD no segundo semestre de 2021. Ao longo de oito anos, a unidade já formou cerca de 1000 técnicos!

Agora, com a expansão física do campus avançado, o diretor-geral Francisco Vitor de Paula almeja que o Instituto impulsione ainda mais as esferas educacional e econômica da cidade, por meio da inserção de profissionais qualificados no mercado de trabalho. “O espaço vem agregar muito para que continuemos em nossa missão institucional. Com o Atalaia, foi possível ampliar e dinamizar nossos laboratórios de Mecânica, alocar nosso restaurante estudantil, disponibilizar para os alunos e comunidade uma quadra poliesportiva coberta, várias salas de aula e de administração e um amplo espaço de convivência”, finalizou Francisco.

Texto: Ascom Reitoria/IFSULDEMINAS
Data: 18/06/2021
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página