Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Sustentabilidade dos Polos Embrapii IF
Início do conteúdo da página

Sustentabilidade dos Polos Embrapii IF

IFSULDEMINAS participa de oficina sobre Sustentabilidade dos Polos Embrapii IF

Foto 1Na última segunda-feira, 18 de junho, a diretora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do Instituto Federal do Sul de Minas (IFSULDEMINAS), professora Dulcimara Carvalho Nannetti, participou de uma oficina técnica sobre Planejamento Estratégico para a Sustentabilidade dos Polos de Inovação Embrapii IF. Na ocasião, a professora representou o coordenador do Polo Embrapii do IFSULDEMINAS, professor Leandro Paiva.

Realizada em Brasília, a oficina contou com a participação do assessor especial do Ministério da Educação (MEC/Setec), Agnaldo Freire, do assessor técnico (consultor/avaliador) da Embrapii, Álvaro José Abackerli, do diretor de Desenvolvimento da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, Romero Portella Raposo Filho, e dos coordenadores dos demais Polos Embrapii IF dos Institutos Federais da Bahia (IFBA), do Ceará, (IFCE), do Espírito Santo (IFES), Fluminense (IFFluminense), de Minas Gerais (IFMG), da Paraíba (IFPB), de Santa Catarina (IFSC) e Goiano (IFGoiano).

Com objetivo de integrar e desenvolver os Polos Embrapii IF e elaborar um plano de ação com atividades direcionadas à sustentabilidade dos polos, foram apresentados os resultados das avaliações iniciais das unidades e os cases dos polos do IFCE e IFF. Ao final da oficina, o plano de ação elaborado em conjunto pelos coordenadores foi apresentado e, posteriormente, será encaminhado ao MEC.

Na avaliação da diretora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do IFSULDEMINAS, houve grande apoio aos polos pelo MEC/Setec, além da possibilidade de grandes avanços no estabelecimento de parcerias com empresas e na captação de recursos externos.

Sobre o Polo Embrapii IF – Agroindústria do Café

A criação de uma unidade Embrapii no IFSULDEMINAS cumpre seu papel institucional, possibilitando a oferta do ensino, o desenvolvimento da pesquisa, interligada com a extensão, vinculados à execução de projetos em parcerias com as empresas, trazendo o mercado de trabalho para dentro da instituição, oportunizando, assim, a formação de profissionais especializados em áreas do conhecimento ligadas à Agroindústria do Café, possibilitando a geração de emprego e renda e disponibilizando novas tecnologias, atendendo às demandas do sul de Minas.

A região é reconhecida pela excelente qualidade do café, sendo considerado o melhor café do país em muitos concursos de qualidade. O segmento de cafés especiais, com crescimento anual de 15%, é um mercado aberto para o incremento de P,D&I. São cerca de dois a três produtos novos sendo lançados por ano, possibilitando investimento em máquinas para a fase de pós-colheita, secagem e indústria de café torrado e moído, fortalecendo a sublinha de máquinas e implementos e também a de torra e moagem.

O Campus Machado, com o apoio e integração dos demais campi do IFSULDEMINAS, centralizará a coordenação dos projetos desenvolvidos no polo, que terá a unidade como sede. O projeto conta com duas sublinhas de atuação: Indústria de torra e moagem de café e Indústria de máquinas e implementos, produzindo tecnologias de soluções para o cafeicultor e para a indústria do café.

Mais notícias sobre o polo

IFSULDEMINAS recebe auditor da Embrapii para avaliação institucional do Polo de Agroindústria do Café

Texto: Ascom IFSULDEMINAS - Reitoria
Fotos: Arquivo - IFSULDEMINAS
Data: 26-06-2018

Fim do conteúdo da página