Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

UI GreenMetric 2019

IFSULDEMINAS é uma das cinco instituições de ensino públicas mais sustentáveis do Brasil

Ranking internacional avaliou 780 instituições em todo o mundo

 

2019 12 03Pelo quarto ano consecutivo, o Instituto Federal do Sul de Minas (IFSULDEMINAS) aparece em destaque no UI GreenMetric World University Ranking, que sinaliza os esforços em sustentabilidade e gestão ambiental das instituições de ensino superior em todo o mundo. Nesta terça-feira, dia 3 de dezembro, os números desta edição foram divulgados e, entre as instituições públicas brasileiras participantes, o IFSULDEMINAS aparece em 5º lugar; ao incluir na classificação as instituições privadas nacionais, o Instituto passa a ocupar a 8ª posição. Além disso, o  IFSULDEMINAS saltou 47 posições da última avaliação (tabela), concorrendo com mais instituições  (eram 719 e agora 780). Confira aqui o ranking 2019 completo e, a seguir, a evolução do IFSULDEMINAS na lista internacional, desde que aderiu ao sistema: 

 

 

 

Ano  Posição do IFSULDEMINAS no mundo Posição do IFSULDEMINAS  no Brasil
Nº de instituições brasileiras
participantes
Nº total de instituições participantes
2019   235 28 780
2018   282 6 23 719
2017   325 7 16   619
2016  217 5 14 516

 

Entenda a avaliação do UI GreenMetric

Criado em 2010, na Universidade da Indonésia, a avaliação é organizada sob seis categorias principais: estrutura dos campi e áreas verdes; consumo de energia; gestão de resíduos; uso e tratamento de água; políticas sobre transportes e atividades acadêmicas relacionadas ao meio ambiente; contemplando, no total, 39 indicadores.

A edição 2019 contou com a participação de 780 instituições, 61 a mais do que em 2018. Apenas 28 instituições brasileiras foram representadas no ranking, embora esta tenha sido a maior participação nacional. No topo da lista das universidades mais sustentáveis do Brasil, estão a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Federal de Lavras (UFLA), respectivamente com 8.225 e 7.975 pontos.

IFSULDEMINAS no ranking

O IFSULDEMINAS alcançou 5.875 pontos no UI GreenMetric deste ano e um dos principais responsáveis pelo reconhecimento do Instituto na lista foi seu desempenho na gestão de recursos renováveis, como a geração de energia solar. O IFSULDEMINAS é o idealizador do Projeto IF Solar, responsável pela implantação de painéis fotovoltaicos em mais de 80 campi da Rede Federal de Educação, Profissional, Científica e Tecnológica. Em julho de 2018, o Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina concedeu ao IFSULDEMINAS o selo solar, certificação que reconhece a geração de energia limpa e renovável.

Para o reitor do IFSULDEMINAS, professor Marcelo Bregagnoli, é constante o trabalho de melhoria e ampliação de políticas sustentáveis. “Além do IF Solar, onde trabalhamos a geração de energia fotovoltaica, lançamos este ano o programa IF Pluvial, que visa a implantar e gerenciar sistemas de captação, armazenamento e uso de água da chuva, gerando economia de recursos e diminuição do uso de água potável nos campi do Instituto", apontou.

Além disso, o reitor afirmou que a pauta sustentável continuará sendo prioridade institucional. "Estamos elaborando estratégias e ações práticas para 2020. Buscaremos não só o melhor ranking, indo ao encontro dos princípios de sustentabilidade, visando a um planeta mais saudável. Isso faz parte da gestão pública e é obrigação do gestor fazer isso acontecer".

Segundo explicação do servidor Leonardo Manso, um dos responsáveis pela coleta e organização dos dados, “o ranking do GreenMetric é baseado em um questionário, composto de 69 itens, muitos dos quais exigem comprovação por meio de fotos, gráficos, tabelas, links para notícias entre outros. Para isso, uma equipe atua na coleta das informações nos campi e reitoria”. Participam do processo: Leonardo Manso e Pâmela Oliveira (Reitoria), Gilze Borges e Luiz Gustavo Santos (Carmo de Minas), Maria Concebida Pereira (Passos), Ana Lúcia Silvestre, André Gripp e Luis Adriano Batista (Poços de Caldas), Gabriela Belinato e Lucy Nascimento (Pouso Alegre), Sissi Silva e Mark Anjos (Inconfidentes), Ariane Borges e Otávio Paparidis (Machado), Marcelo Morais e Felipe Figueiredo (Muzambinho) e Edilson Cândido e Wanderley Pereira (Três Corações). O alinhamento das informações foi realizado pelo coordenador de Sustentabilidade, professor Sérgio Pedini. Cada item possui uma descrição, sucinta e exata.

Veja mais detalhes sobre o programa IF Pluvial.

Texto: Ascom Reitoria/IFSULDEMINAS
Data: 03/12/2019
registrado em: ,
Fim do conteúdo da página