Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

OMIF

IFSULDEMINAS recebe etapa final da Olimpíada de Matemática dos Institutos Federais (OMIF) 

DSC 0496No último fim de semana, entre os dias 19 e 21 de outubro, o Campus Muzambinho realizou a etapa final da Olimpíada de Matemática dos Institutos Federais (OMIF). Mais de 400 pessoas compareceram ao evento, 255 alunos de cursos técnicos integrados de instituições da Rede Federal de todo país realizaram a prova. A OMIF foi idealizada por meio de uma parceria do Instituto Federal do Sul de Minas – Campus Muzambinho; Instituto Federal do Rio Grande do Norte IFRN – Campus Natal-Central e Instituto Federal de São Paulo – Campus São João da Boa Vista.

O projeto nasceu no "Biênio da Matemática 2017-2018 Gomes de Sousa", uma lei instituída como parte da Agenda Positiva do ensino, pesquisa e inovação no País, cujo tema principal é “A Matemática está em tudo” e faz parte dos eventos comemorativos dos 10 anos da criação dos Institutos Federais.

Abertura

DSC 0419A abertura da OMIF contou com a presença de professores, alunos e autoridades. A mesa de honra foi composta pelo diretor do Departamento de Desenvolvimento Educacional, Marcos Roberto Cândido, representando o diretor-geral do Campus Muzambinho, Renato Aparecido de Souza; pela  diretora de extensão do IFSULDEMINAS, Roselei Eleotério, pelo diretor-geral do IF Fluminense – Campus Centro, Carlos Alberto Fernandes Henriques; pelo coordenador de ensino do Campus Muzambinho, Hugo Baldan; pelo aluno com maior nota na 1ª fase da OMIF, Júlio Mesquita Zuazola (IFRJ Campus Duque de Caxias), representando todos os alunos da Rede Federal participantes da OMIF; professores da comissão da OMIF Renato Machado Pereira, Manuel Messias da Silva e Felipe Mascagna e a professora Ana Gabriela Rodrigues Cardoso (IFMA – Campus Pinheiro) representando os professores dos campi da Rede Federal.

O diretor do Departamento de Desenvolvimento Educacional, Marcos Roberto Cândido deu as boas-vindas aos participantes e destacou a importância das parceiras para a realização da Olimpíada. “Nós agradecemos aos parceiros que contribuíram para a realização da OMIF, também ao professor Marcelo Bregagnoli, reitor do IFSULDEMINAS, que apoiou todo o trabalho. Precisamos destacar a importância da atuação da comissão organizadora que trabalhaou para que o evento acontecesse. A Olimpíada é muito importante, a educação é o caminho para a justiça”.

Em sua fala, o diretor-geral do Instituto Federal Fluminense – Campus Centro, Carlos Alberto Fernandes Henrique, disse que, “devemos defender a escola como espaço de debates, pesquisa, trabalho em equipe, investigação e realização de atividades significativas e inovadoras. Precisamos favorecer o espírito do ensino experimental e científico e abrir novos horizontes”. A abertura contou também com a apresentação dos campi, uma palestra com Professor, Pedro Malagutti, da UFSCar que falou sobre Mágicas, Matemática e outros mistérios. E, por fim, foi apresentado um teatro da turma da INFO-E que com a peça: "O Auto da Compadecida".

A servidora do Instituto Federal do Alagoas (IFAL), Stephanie Caroline Leopoldo de Cordova acompanhou as alunas participantes. “O Campus Muzambinho conta com uma estrutura muito boa e para os alunos foi uma experiência importante. A Olimpíada é um incentivo para que os estudantes se dediquem cada vez mais aos estudos”. O aluno do curso Técnico em Administração do IFAL, Jônatas da Silva, contou que, gostou muito de participar da OMIF. "Estou ainda no primeiro ano e espero que esse tenha sido como um treino e que incentive também outros colegas a participarem. Sempre gostei de matemática e agradeço a oportunidade, conheci pessoas maravilhosos, todos foram acolhedores, a interação entre os alunos foi muito legal”. 

DSC 0259

Provas

Na primeira fase, as provas foram aplicadas em cada campus participante. Foram 30 questões de múltipla escolha. O critério de seleção para a segunda fase foi os alunos com notas maiores ou iguais a 20 e o aluno com maior nota de cada campus. Já a segunda etapa, foi composta por cinco questões abertas elaboradas por professores da Rede Federal com o tema “A matemática está em tudo” - Matemática pura e aplicada nas áreas do conhecimento: exatas, humanas, natureza e linguagens e códigos. Os alunos se preparam para a 1ª fase por meio de um simulado com questões que possuíam conteúdo semelhante ao da prova. Já para 2ª fase, foi divulgado o conteúdo programático aos competidores. 

Atividades

Durante o evento, os estudantes participaram de diversas palestras, oficinas e minicursos. E, ainda, conheceram a estrutura do Campus Muzambinho em um tour por todos os setores. Também foi promovido um encontro entre os professores presentes.

Premiação

Uma equipe de aproximadamente 50 professores foram os responsáveis pela correção das provas. Cada uma das cinco questão tinha um valor de vinte pontos, totalizando 100 pontos. Os melhores classificados receberam medalhas: 10 medalhas de ouro; 20 medalhas de prata; 30 medalhas de bronze; 40 menções honrosas e 155 medalhas de participação. Confira a lista completa dos classificados.

DSC 0231Marcus Kulay de Araújo, aluno do IFSULDEMINAS - Campus Poços de Caldas, ficou entre os 10 melhores classificados e recebeu a medalha de ouro. Ele contou que achou a prova bem desafiadora se preparou com base nas provas antigas da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) e focou mais nas disciplinas que estava com dificuldades. Para ele, a OMIF contribuiu não só para a formação acadêmica, mas também pessoal, “a interação entre os alunos foi fantástica, conheci vários professores de outros institutos, participei de minicursos, o evento foi muito bom. Quem quiser participar no próximo ano não irá se arrepender, é uma oportunidade inesquecível”.

“Vimos no rosto dos alunos e dos professores a felicidade de participar da 1ª OMIF. Para mim, foi a conclusão de um sonho para a Rede Federal, baseada em dois princípios: a construção de uma ferramenta pedagógica de matemática e a união dos professores de matemática da Rede. Eu sempre vi nas olimpíadas de matemática uma alternativa para o ensino da disciplina, então nasceu a ideia de criar a nossa olimpíada. Mas, logo levantei a seguinte pergunta: Por que criar mais uma olimpíada, visto que já existem tantas? A resposta é que a nossa é diferenciada. Ela seleciona não só para uma prova ou premiação, mas para um momento de formação, tanto de matemática, quanto de realidade de mundo, de troca de experiências e de troca de culturas! A OMIF é um trabalho comunitário da Rede, tudo nela é com a ajuda de todos os professores e alunos: a elaboração da prova, a aplicação, a correção, os ministrantes das atividades de sábado. É um projeto de matemática, mas também um projeto social, cultural e de transformação da Rede Federal de ensino”, contou o professor Renato Machado Pereira.

A Olimpíada acontecerá de forma itinerante, a cada ano será realizada em um instituto da rede. Posteriormente, será divulgado o próximo anfitrião do evento. Saiba mais: http://omif.muz.ifsuldeminas.edu.br/pt/.

Texto: Ascom/ IFSULDEMINAS - Reitoria

Fotos: Campus Muzambinho

23/10/2018

Confira as fotos:

1º Dia -  19/10

2º Dia  - 20/10

Encerramento - Dia 21/10

registrado em: ,

Ouça a Federal FM 

 

Fim do conteúdo da página