Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Pacto Global da ONU
ptenfres
Início do conteúdo da página

Pacto Global da ONU

logo
 
Lançado em 2000 pelo então secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, o Pacto Global é uma chamada para as empresas alinharem suas estratégias e operações a 10 princípios universais nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção e desenvolverem ações que contribuam para o enfrentamento dos desafios da sociedade. É hoje a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, com cerca de 14 mil membros em 70 redes locais, que abrangem 160 países.
 
Desde outubro de 2019, o IFSULDEMINAS é signatário do Pacto Global, e deve produzir um relatório chamado Comunicação de Engajamento (COE), que trata dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. O objetivo do COE é permitir a oportunidade de demonstrar, a suas partes interessadas, boas práticas de sustentabilidade em apoio à iniciativa global. O COE deve ser submetido no site internacional do Pacto Global a cada dois anos. Exemplos de contribuições são o compartilhamento de conhecimento e liderança na formulação de iniciativas; o desenvolvimento de ferramentas e pesquisa; e a promoção de projetos de parceria.
 
O Pacto Global advoga dez Princípios universais, derivados da Declaração Universal de Direitos Humanos, da Declaração da Organização Internacional do Trabalho sobre Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho, da Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento e da Convenção das Nações Unidas Contra a Corrupção. As organizações que passam a fazer parte do Pacto Global comprometem-se a seguir esses princípios no dia a dia de suas operações.
 
Direitos Humanos
 
O relatório aponta que 92% das empresas instituíram políticas e práticas relacionados aos direitos humanos, sendo que 80% incorporam princípios de direitos humanos dentro dos códigos corporativos. Enquanto isso, 53% oferecem treinamento em direitos humanos e programas de conscientização para os funcionários e 72% relatam que o Pacto Global teve um papel essencial para indicar o impacto que as levaram a abordar o tema.
 
1. As empresas devem apoiar e respeitar a proteção de direitos humanos reconhecidos internacionalmente.
2. Assegurar-se de sua não participação em violações destes direitos.
 
Trabalho
 
Mais de 85% têm políticas de não discriminação, igualdade de oportunidade e garantia de condições de trabalho seguras. Ao mesmo tempo, 62% afirmam que o Pacto Global teve um papel essencial para indicar o impacto que as levaram a abordar o tema.
 
3. As empresas devem apoiar a liberdade de associação e o reconhecimento efetivo do direito à negociação coletiva.
4. A eliminação de todas as formas de trabalho forçado ou compulsório.
5. A abolição efetiva do trabalho infantil.
6. Eliminar a discriminação no emprego.
 
Meio Ambiente
 
Das participantes, 78% atestam ter consumo sustentável e objetivos de uso responsável. Um quarto relatou integrar totalmente questões de água, alterações climáticas, energias renováveis ​​e biodiversidade em sua estratégia corporativa e operações. Dois terços relatam que o Pacto Global teve um papel essencial para indicar o impacto que as levaram a abordar o tema.
 
7. As empresas devem apoiar uma abordagem preventiva aos desafios ambientais.
8. Desenvolver iniciativas para promover maior responsabilidade ambiental.
9. Incentivar o desenvolvimento e difusão de tecnologias ambientalmente amigáveis.
 
Anticorrupção
 
Aproximadamente 82% dizem que integram o décimo princípio ao seu código corporativo, enquanto dois terços relatam ter políticas de tolerância zero em relação à corrupção. Para 62% das empresas o Pacto Global teve um papel essencial para indicar o impacto que as levaram a abordar o tema.
 
10. As empresas devem combater a corrupção em todas as suas formas, inclusive extorsão e propina
 
Abaixo, está uma tradução da Carta de Boas Vindas, enviada pela ONU, em resposta ao Ofício 178/2019, enviado pelo Gabinete da Reitoria do IFSULDEMINAS.
 
Carta de Boas Vindas
 
Sr. Marcelo Bregagnoli
Reitor
Instituto Federal de Educacao, Ciencia e Tecnologia do Sul de Minas Gerais - IFSULDEMINAS
Pouso Alegre
 
Caro Sr. Bregagnoli,
 
Obrigado por escrever ao Secretário-Geral para expressar o compromisso de sua organização com o avanço dos princípios do Pacto Global nas áreas de direitos humanos, padrões de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção. Aplaudimos sua liderança ao tomar essa decisão e saudamos o envolvimento de sua organização no Pacto Global - a maior iniciativa de cidadania corporativa do mundo, com milhares de participantes empresariais e outras partes interessadas da sociedade civil, trabalho e governo com base em mais de 160 países.
 
No cerne do Pacto Global está a convicção de que as práticas comerciais enraizadas em princípios universais ajudam o mercado global a ser mais social e economicamente inclusivo, promovendo, assim, os objetivos coletivos de cooperação internacional, paz e desenvolvimento. Na verdade, as empresas e outras organizações que participam do Pacto Global estão trabalhando diligentemente para dar um significado concreto a essa abordagem de mudança baseada em princípios.
 
Desde o início, o Pacto Global considerou o engajamento ativo de partes interessadas não comerciais um fator crítico para um progresso real. Sua participação ajuda a fomentar esse espírito colaborativo que é tão crítico para enfrentar os desafios de hoje.
 
As instituições acadêmicas têm um papel único a desempenhar no avanço do Pacto Global. Por exemplo, ao realizar pesquisas sobre a evolução da questão da cidadania corporativa, as descobertas acadêmicas podem servir para sustentar políticas e práticas mais eficazes. E, ao desenvolver estudos de caso relacionados aos esforços corporativos para implementar princípios universais, os acadêmicos podem fortalecer ainda mais o caso de negócios para práticas responsáveis. Talvez o mais importante seja que os acadêmicos podem equipar melhor nossos líderes de amanhã com o conhecimento e as ferramentas de que precisarão para enfrentar os desafios globais urgentes.
 
Portanto, encorajamos você a demonstrar seu compromisso com o Pacto Global, realizando ações estratégicas em uma ou mais das seguintes áreas: educar líderes responsáveis, promover pesquisas relevantes, disseminar valores internacionais de cidadania corporativa, dar suporte técnico a negócios responsáveis ​​ou emprestar capacidade para Redes Locais do Pacto Global.
 
As escolas de negócios e instituições acadêmicas relacionadas à gestão também são incentivadas a aderir à iniciativa Princípios para Educação Gerencial Responsável (PRME). Os princípios de educação responsável fornecem uma estrutura de engajamento especificamente para instituições acadêmicas para promover a responsabilidade corporativa por meio da incorporação de valores universais em currículos e pesquisas. Mais de 100 instituições acadêmicas em todo o mundo aderiram. Mais informações podem ser encontradas no folheto PRME anexo.
 
Como uma iniciativa voluntária, o Pacto Global extrai força do compromisso e ações de nossos participantes. Para estimular a implementação e o progresso, oferecemos várias oportunidades de aprendizado e engajamento para os signatários. Isso inclui: mais de 80 países e redes regionais onde as questões e atividades são conduzidas em nível local; ferramentas práticas e documentos de orientação sobre os princípios e outras questões prioritárias; e eventos locais e internacionais onde participantes de múltiplas partes interessadas podem trocar experiências, participar de exercícios de aprendizagem e solução de problemas, engajar-se no diálogo e identificar organizações com idéias semelhantes para projetos de parceria.
 
Mais detalhes sobre essas atividades podem ser encontrados no documento de orientação em anexo, “Após a Assinatura: Um Guia para o Engajamento no Pacto Global das Nações Unidas” e no site do Pacto Global (www.unglobalcompact.org).
 
Credibilidade e responsabilidade são fatores críticos para o avanço do Pacto Global. Incentivamos todas as organizações envolvidas na iniciativa a se comunicarem com suas partes interessadas sobre os esforços para promover os dez princípios da iniciativa e se engajar em projetos colaborativos que promovam as metas de desenvolvimento mais amplas das Nações Unidas, particularmente as Metas de Desenvolvimento do Milênio. Para começar, sua organização pode desejar informar as partes interessadas - como alunos, funcionários e parceiros - e o público em geral sobre sua decisão de apoiar o Pacto Global.
 
Mais uma vez, agradecemos sua adesão ao Pacto Global. Estamos ansiosos para ouvir suas idéias e experiências, e encorajamos você a compartilhar suas opiniões conosco. Estamos prontos para apoiar seus esforços para abraçar os dez princípios universais e contribuir para uma economia global mais sustentável e inclusiva.
 
Com os melhores cumprimentos,
 
Lise Kingo
Diretora Executiva
Pacto Global das Nações Unidas
registrado em:
Fim do conteúdo da página