Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > PROEX > Campanha Natal Sem Fome
Início do conteúdo da página

Campanha Natal Sem Fome

natal sem fome

IFSULDEMINAS apoia campanha Natal Sem Fome 2020

Cinco unidades do Instituto criam comitês próprios para promover ações de arrecadação de alimentos que serão distribuidos na época do Natal

O Instituto Federal do Sul de Minas (IFSULDEMINAS), por meio da Pró-Reitoria de Extensão, tornou-se apoiador de uma das maiores mobilizações solidárias da sociedade civil brasileira, a campanha Natal Sem Fome. A ação promovida pela Associação Ação da Cidadania ocorre desde 1994 e já ajudou mais de 20 milhões de pessoas por todo o Brasil, pelo menos no Natal, a não passarem fome. 

Desde 2017, a campanha acontece em Machado, mas neste ano, ela foi regionalizada, com a proposta de levar doações de alimentos às famílias em situação de insegurança alimentar de outros 15 municípios do Sul de Minas. A partir desse contexto, o IFSULDEMINAS aderiu à mobilização, montando em cinco de suas unidades um comitê específico, em parceria com a Associação Ação da Cidadania do Sul de Minas Gerais, para administrar a promoção de ações de arrecadação e distribuição de alimentos em cidades onde estão localizados os seus campi. O convênio foi assinado em novembro e o planejamento das ações está em andamento.

Confira abaixo como cada uma das unidades vai trabalhar a campanha e veja como apoiar essa ideia ou ser um doador.

 Inconfidentes Machado  Poços de Caldas Pouso Alegre Passos*

*em breve

Como surgiu a campanha?

A campanha foi criada pela associação Ação da Cidadania, fundada em 1993 pelo sociólogo Herbert de Souza, conhecido como Betinho, com o intuito de combater a fome e a desigualdade socioeconômica no Brasil e, segundo o site oficial da campanha, ajudar os mais de 32 milhões de brasileiros vivendo abaixo da linha da pobreza naquele ano.

Desde sua criação, a ONG deu início a uma série de iniciativas, sendo o Natal Sem Fome a mais célebre delas. Após dez anos sem ser realizada, a Campanha voltou em 2017 e, em 2020, ganhou força para ajudar os agora dezenas de milhões de brasileiros que vivem abaixo da linha da pobreza, segundo dados recolhidos pela organização por meio do Cadastro Único do Governo Federal.

Neste link você confere a prestação de contas da campanha, com os números atualizados constantemente.

Texto: Ascom Reitoria/IFSULDEMINAS
Data: 03/12/2020
Fim do conteúdo da página