Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Congresso de Inovação da Indústria
Início do conteúdo da página

Congresso de Inovação da Indústria

Polo Embrapii - IFSULDEMINAS participa do 8º Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria

congresso1O Polo EMBRAPII IFSULDEMINAS - Agroindústria do Café participou do 8º Congresso de Inovação da Indústria, que ocorreu nos dias 10 e 11 de junho, em São Paulo, na Expo Exhibition & Convention Center. Neste ano, entre as inovações apresentadas pela EMBRAPII, no evento, estava o torrador de café portátil desenvolvido pela Unidade EMBRAPII Instituto Federal Sul de Minas e a empresa Carmomaq. A nova tecnologia funciona por eletricidade, mais econômica e versátil para uso em casas ou cafeterias e com a mesma qualidade na torra de cafés especiais. A máquina está sendo patenteada e, assim que concluído o processo, estará disponível para comercialização.

Durante o Congresso, com a presença do diretor-presidente da EMBRAPII, Jorge Guimarães, e o representante do Departamento de Políticas e Inovação Tecnológica do Ministério da Economia da Alemanha (BMWi), Ole Janssen, foi oficializada a parceria entre a EMBRAPII (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial) e a Rede Cornet (Collective Research Network) que reúne agências de fomento à inovação de diversos países. Esta parceria permitirá que pequenos e médios empresários, incluindo startups, desenvolvam projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) com a indústria dos países membros participantes da rede.

A chamada pública será aberta em 15 de junho e os interessados terão até 25 de setembro para montar consórcios com pelo menos três empresas e apresentar uma proposta que promova a inovação em todo o setor industrial ao qual pertencem. O projeto também deve envolver as associações de setores industriais. Empresas de grande porte podem também participar, desde que em consórcios com pequenas e médias empresas e startups.

Os projetos financiados pela Cornet têm valor médio de R$ 600 mil. A Rede mantém parceria com 11 países pelo mundo. Além do Brasil, estão conectadas à Rede: Alemanha, Áustria, Bélgica, Canadá, Polônia, Japão, Holanda, Suíça, República Checa e Peru. “Além de ampliar o conhecimento tecnológico em centros de pesquisa no exterior, a parceria permite e fomenta a entrada de empresas brasileiras no mercado internacional”, destaca Jorge Guimarães, diretor-presidente da EMBRAPII.

Nesse modelo de cooperação internacional, cada país financia suas respectivas empresas e instituições de pesquisa. As empresas brasileiras devem estar associadas à rede credenciada das 42 Unidades EMBRAPII para o desenvolvimento do projeto. A Unidade EMBRAPII tem total autonomia para decidir sobre a viabilidade de desenvolvimento das propostas com empresas brasileiras. A EMBRAPII garante 1/3 de recursos não reembolsáveis.

Texto: Polo Embrapii IFSULDEMINAS - Agroindustria do Café

Publicado: 18/06/2019

Fim do conteúdo da página