Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Estrutura
Início do conteúdo da página

Infraestrutura do Polo Embrapii

 foto1Centro de Excelência em Cafeicultura

Centro de Excelência em Cafeicultura localizado à altura do km 10 da Rodovia que liga Machado a Paraguaçu (MG 453). 

Centro de Validação Tecnológica

Unidade de validação de produtos para cafeicultura, a Fazenda São Sebastião é composta por uma propriedade rural, localizada entre os municípios de Guaxupé e Guaranésia. A propriedade possui área de 80 hectares, divididos em 23 hectares de mata nativa, 20 hectares de pastagem, 10 hectares de café e 1 terreiro para seca de café. Essa área será utilizada para ser uma extensão do Polo de Inovação, funcionando como um Centro de Validação de Tecnologias em Cafeicultura. Este centro foi montado a partir da necessidade da instituição e das empresas parceiras de ter um local onde pudessem testar suas novas tecnologias aplicadas ao campo, antes de serem levadas ao produtor/consumidor ou que fossem testadas comparativamente às demais inovações tecnológicas de forma a validar sua superioridade perante as demais, conquistando novos consumidores. Esta área de teste possui toda infraestrutura necessária para a implantação dos projetos do polo na validação de máquinas e implementos, além da parceria da cooperativa Cooxupé, que pretende validar outros equipamentos e insumos da área da cafeicultura.

Laboratórios e equipamentos

Laboratório de Análises Físicas e Sensoriais - Capacidade para 20 alunos. Conta com mesa para prova de café com tampo de alumínio, cuspideira de alumínio, mesa retangular para análise e materiais de apoio ao preparo das amostras, torres de aquecimento de água e sistema de filtragem de água.

foto1

Laboratório de Análises Químicas - Conta com Colorímetro Diferencial de Varredura DSC, Espectrofotômetro por Infravermelho com acessórios de reflectância difusa, ATR de diamante e transmitância, Espectrofotômetro UV/VIS, Absorção Atômica Fast Sequence multielementar, HPLC com detector DAD, Cromatógrafo gasoso com detector FID, Cromatógrafo líquido com sistema de espectrometria de massa.

Laboratório de Análises de Solos e Tecido Vegetal - Possui equipamentos como: Espectrofotômetro de Absorção Atômica, Espectrofômetro Molecular, Destilador de Nitrogênio, Estufa de Circulação Forçada de Ar, Forno Mufla, Mesa Agitadora Orbital, Ponte de Titulação, Ventilador de Coluna.

Laboratório de Fisiologia Vegetal, Biotecnologia e Cultura de Tecidos Vegetais - Possui medidor de Clorofila Portátil, Medidor de área foliar Portátil, Sistema de Iluminação LED, Biorreator de Imersão Temporária por Bolhas, Biorreator de Imersão Temporária Ralm com Sistema de Iluminação LED, Duas Câmeras de Germinação (BOD) com fotoperíodo, Sensor do Potencial hídrico da Planta – ICT, Microscópio Trinocular Leica DM500 com sistema de fotodocumentação, Duas Bancadas de Fluxo Laminar pa100 (PACHANE).

Laboratório de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto - Conta com Vant Quadricoptero, Termômetro de infravermelho de alta resolução, GPS de navegação, Estação Sistema Global de Posicionamento, GPS, Teodolito de mira direta, Teodolito de nivelação, Nível ótico.

DSCF5315Laboratório de Classificação de Café - Possui área de 60 metros quadrados. Capacidade para 20 alunos. Conta com os seguintes equipamentos: bancada individual com iluminação para a classificação, conjunto com peneiras para a classificação de amostras, mesa oficial de classificação, box de luz ultravioleta para análise de injúrias, determinador portátil de umidade.

Laboratório de Torra e Moagem - Conta com área de 25 metros quadrados. Possui capacidade para 20 alunos e os seguintes equipamentos: torrador probatino com ciclonador de películas, torrador Rod-Bel com sugador de películas, torrador Pinhalense com ciclonador de películas, moinho, balança, jogo de peneiras para granulometria.

Núcleo de Pós Colheita - máquina beneficiadora de café, máquina de classificadora de grãos de café, mesa dessimétrica para café, classificadora eletrônica, lavador e separador de café, descascador de café/separador de verdes, desmucilador de fluxo ascendente, 3 secadores rotativos, 6 tulhas com capacidade de 480 sacas de café beneficiados e 4.000 metros quadrados de terreiro para secagem.

Laboratório de Automação - Conta com kits Arduino (placa + cabo e fonte), 12 microcomputadores Raspberry PI 3, Sensores diversos como Umidade, Luminosidade, Gases, Temperatura, Distância, Placas de expansão para WIFI, ZigBee, Ethernet, Relê, 4 Kits de robótica educativa Lego Mindstorms NTX 2. Industrialização do Café- Indústria de café implantada aos moldes de empresas de torrefação, possui: balanças de sacarias, torradores de café industriais, silos para armazenamento de café torrado, moedores industriais de café, empacotadoras para café torrado e moído e em grãos.

Laboratórios de Informática - Três laboratórios de 31 máquinas cada, um laboratório com 40 máquinas e outro com 20 máquinas, link de Internet de 8 MB sendo 1 MB para cada laboratório, Access Point, Internet Wireless.

Cafeteria Escola - Possui área de 43,5 metros quadrados, com capacidade para 20 alunos. Conta com máquina de café expresso super automática, máquina de café coado blender, máquina de Café espresso de 2 grupos, moinhos para café Malhkoinig, moinho para café La Cimbale, frigobar, seladora de Pedal, cooktop, air pots, máquina de café expresso profissional 1 grupo, moinho profissional, máquina de gelo e lava louça.

Núcleo de Qualidade do Café

O Campus Machado capacitou, até o ano de 2016, 222 alunos com aulas sobre Industrialização do Café, Classificação e Degustação do Café; 142 alunos e produtores com cursos de Noções de Barismo e Preparo de Cafés, instrução dos professores e funcionários da instituição para as técnicas básicas de produção de café espresso; instrução dos alunos dos cursos técnicos em Alimentos, em Agropecuária, com aulas sobre o segmento de café espresso; promoção de um curso de preparo de novos produtos a base de café; reciclagem de 210 fiscais agropecuários do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e extensionistas da Emater/MG na área de classificação e Degustação de Café.

Núcleo de Inovação Tecnológica

O Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) foi definido na Lei de Inovação como sendo o núcleo ou órgão constituído por uma ou mais instituições científicas e tecnológicas (ICT), com a finalidade de gerir sua política de inovação, propriedade intelectual e transferência de tecnologia. O Núcleo trabalha em conjunto com pesquisa, desenvolvimento, ciência, tecnologia e com as parcerias com a iniciativa privada.
Está inserido na Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PPPI) do IFSULDEMINAS, onde são executados todos os procedimentos internos para garantir a proteção dos produtos e/ou processos aqui gerados, por meio dos pedidos de registro e proteção em órgãos governamentais competentes para cada área.

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página