Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > PROEN > 1º Encontro de Capacitação dos NAPNE’s
ptenfres
Início do conteúdo da página

1º Encontro de Capacitação dos NAPNE’s

1º Encontro de Capacitação dos NAPNE’s: Políticas e Práticas Educacionais Inclusivas nas Instituições Federais de Ensino

napne1No dia 25 de junho de 2021, ocorreu, por meio do ambiente virtual Google Meet, o 1º Encontro de Capacitação dos Núcleos de Apoio às Pessoas com Necessidades Específicas - NAPNE’s do IFSULDEMINAS, ministrado pela Profa. Dra. Laura Ceretta Moreira, docente e coordenadora do NAPNE da Universidade Federal do Paraná - UFPR.

O evento foi organizado pela Diretoria de Assuntos Estudantis - DAE, juntamente à Coordenação de Ações Inclusivas - CAIN e abordou as “Práticas e Políticas Educacionais Inclusivas nas Instituições Federais de Ensino”, com o objetivo de fortalecer o conhecimento no âmbito de atuação dos NAPNE’s, abrindo um espaço de o diálogo e construção de uma instituição verdadeiramente inclusiva.

A Profa. Dra. Laura Ceretta traçou um panorama geral da Educação Inclusiva, desde o final da década de 1980 até os dias atuais, pontuando os momentos e documentos que nos permitiram avançar, ressaltando o já que conquistamos e quais os aspectos devem ser aprimorados na atualidade. Segundo a Profa, é necessário estruturarmos nossa instituição com protocolos de acesso e permanência, para que tenhamos condições de atender bem os estudantes com deficiência, altas habilidades/superdotação tendo em vista os limites e as possibilidades de atuação do NAPNE.

Capacitação 2Segundo a organizadora do evento, Camila Pereira Santos, da Coordenadoria de Ações Inclusivas, a ideia de realizar o encontro surgiu no ano passado, quando o Regimento dos NAPNEs foi reformulado. "Considero esse encontro um espaço de aprendizado. Acredito, e nesse aspecto conto com o apoio total da DAE, que os NAPNE’s realizam funções essenciais na nossa instituição e por isso devem ocupar uma posição central nos nossos planejamentos. Partimos do princípio de que a ação do NAPNE nos campi contribui não apenas para a inclusão dos estudantes com necessidades específicas, mas também para evolução do nosso modo de compreender a educação como um todo, ressaltando o trabalho colaborativo, a diversidade das formas de aprender e as potencialidades dos estudantes”.

Uma das participantes do encontro, Adilene Moreira Dionízio, membro do NAPNE do Campus Avançado Carmo de Minas, pontuou sobre a relevância da palestra da Profa. Dra. Laura Ceretta Moreira para melhor compreensão da importância do entendimento das práticas educacionais inclusivas enquanto políticas públicas de Estado. "Em suma, ela explanou sobre uma abordagem de como as estratégias básicas de inclusão dos discentes, independentemente do contexto (acessibilidade, altas habilidades/superdotação, bem como transtorno do espectro autista), necessitam contemplar a educação para emancipar. Assim, a gestão democrática da escola precisa ter por premissa maior avançar ainda mais no quesito da integração da gestão pedagógica e gestão administrativa. Para além da adaptação e flexibilização curricular, um itinerário rumo à gestão participativa é um caminho para o êxito de todas as ações em prol de uma educação de qualidade de cunho humanístico".

Texto: Coordenadoria de Ações Inclusivas do IFSULDEMINAS, com revisão da Ascom Reitoria
Data: 30/06/2021
Fim do conteúdo da página