Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > PROEN > Enem 2020
Início do conteúdo da página

Enem 2020

Foi anunciado pelo MEC, após enquete nacional, datas para a realização das provas do Enem - 2020

Provas acontecerão entre os dias 17 e 24/01; já a versão digital nos dias 31/01 e 17/02

 

Foi anunciada nesta quarta-feira, 08/07, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) as novas datas para a aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. O exame, na sua versão impresa foi remarcado, por causa da pandemia do novo coronavírus, para os dias 17 e 24 de janeiro. A versão digital do exame será entre os dias 31 de janeiro e 07 de fevereiro. 

Desta forma, serão aplicados durante as provas protocolocos sanitários como uso de álcool gel e distanciamento adequado entre os estudantes. 

 

Atualizado em: 08/07/2020
(informações do Inep)

__________________________________________________

Acompanhe as principais informações na página do participante

Página do participante 

Em função do impacto da pandemia do coronavírus, o Inep e o MEC decidiram pelo adiamento da aplicação do exame nas versões impressa e digital. Acompanhe as informações na Página do participante, portais e redes sociais do Inep e do MEC para saber as novas datas.

Atualizado em: 01/07/2020
(informações do Inep)

__________________________________________________

Inep lança enquete sobre datas da prova do Enem

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 poderão contribuir, de forma voluntária, para a escolha do período de aplicação das provas, por meio de uma enquete.

Entre os dias 20 e 30 de junho, os inscritos que desejarem participar poderão acessar a Página do Participante (enem.inep.gov.br), com CPF e senha utilizados no cadastro do portal único do Governo Federal, o gov.br, e indicar o período que preferem para as provas, dentre as opções:

• Enem impresso: 6 e 13 de dezembro de 2020 / Enem Digital: 10 e 17 de janeiro de 2021
• Enem impresso: 10 e 17 de janeiro de 2021 / Enem Digital: 24 e 31 de janeiro de 2021
• Enem impresso: 2 e 9 de maio de 2021 / Enem Digital: 16 e 23 de maio de 2021

Atualizado em: 15/06/2020,
(informações do Inep)

__________________________________________________

Inep prorroga prazo para pagamento de taxa de inscrição do Enem 2020

Os participantes da edição 2020 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) têm até o dia 10 de junho para pagar a taxa de inscrição. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), os novos boletos estarão disponíveis a partir de 3 de junho no site do Enem. Para emitir o novo boleto, o candidato deve entrar na Página do Participante. O boleto antigo deverá ser descartado.

Atualizado em 03/06/2020
(informações do Inep)

__________________________________________________

Inscrições para o Enem são prorrogadas até 27/05/2020

As datas de realização do Exame ainda serão definidas

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 terão mais dias para se inscrever no exame. O novo prazo, definido pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), será até às 23h59 da próxima quarta-feira, 27 de maio. Após a inscrição, o pagamento do boleto deve ser realizado até dia 28 do mesmo mês.

Como já anunciado anteriormente pelo MEC e Inep, será feita uma enquete com os participantes inscritos, no final de junho, na Página do Participante. As datas do exame serão definidas após a consulta.

Texto: INEP
Data: 25/05/2020
__________________________________________________

Atenção! As inscrições para o Enem 2020 IMPRESSO começam dia 11 de maio

 

- Inscrição Enem 2020/Impresso

A inscrição para o Enem 2020 impresso deve ser realizada por este link, no período entre às 10h do dia 11 de maio e as 23h59 do dia 22 de maio de 2020 (horário de Brasília).

 

Como se inscrever no Enem 2020 impresso?

Passo a passo

01º - Informar o número de seu CPF e a sua data de nascimento (Será aceita apenas uma inscrição por número de CPF);

02º - Depois de finalizada, a inscrição não poderá ser cancelada, ainda que dependa de confirmação de pagamento;

03º - Os dados pessoais informados devem ser iguais aos dados cadastrados na Receita Federal para não inviabilizar a correspondência entre as informações. Antes de realizar a inscrição, o participante deverá verificar a correspondência dessas informações pessoais e, se for o caso, atualizá-las na Receita Federal;

04º - Optar pela participação no Enem impresso;

05º - Após concluir a inscrição, não será possível alterar essa opção;

06º - Informar endereço de e-mail único e válido, e número de telefone fixo ou celular válido;

07º - Indicar a unidade da Federação e o município onde deseja realizar o exame;

08º - Solicitar, se necessário, atendimento especializado, de acordo com as opções descritas;

09º - Selecionar a língua estrangeira, inglês ou espanhol, em que realizará a prova de língua estrangeira.

10º - Criar cadastro e senha de acesso para a Página do Participante, neste endereço, que deverá ser memorizada e/ou anotada em local seguro. Ela será solicitada para:

- alterar dados cadastrais, de município de provas se houver vagas, e de opção de língua estrangeira, durante o período de inscrição;
- acompanhar a inscrição na Página do Participante ou no aplicativo oficial do Enem;
- consultar o local de provas;
- consultar e imprimir o Cartão de Confirmação da Inscrição;
- obter os resultados individuais via internet;
- inscrever-se em programas de acesso à educação superior, programas de bolsa de estudos e/ou de financiamento estudantil, entre outros programas do Ministério da Educação.

A senha é pessoal, intransferível e de responsabilidade do participante. O participante que esquecer a senha cadastrada terá a opção de recuperá-la por este link

O participante é responsável por preencher corretamente as informações prestadas no sistema de inscrição, inclusive as relacionadas ao Questionário Socioeconômico; inserir os documentos solicitados e verificar se a inscrição foi concluída com sucesso. Os dados informados no Questionário Socioeconômico e os referentes à situação do ensino médio não poderão ser alterados.

O participante deverá anexar, no sistema de inscrição, sua foto atual, nítida, individual, colorida, com fundo branco, que enquadre desde a cabeça até os ombros, de rosto inteiro, sem o uso de óculos escuros e artigos de chapelaria (boné, chapéu, viseira, gorro ou similares).

 

Será possível a inscrição simultânea no Enem 2020 Digital e no Enem 2020 impresso?

Não. O participante que optar por se inscrever no Enem 2020 Digital, conforme disponibilidade de vagas para o estado e o município selecionado, não poderá se inscrever na edição impressa e, após concluir sua inscrição, não poderá alterar sua opção.

 

Tire todas as suas dúvidas ou saiba mais por este link  

Texto: Ascom/Reitoria IFSULDEMINAS (com informações site do Inep)
Atualizado em: 05/05/2020

__________________________________________________

MEC/Inep alteram data do Enem Digital e anunciam nova regra para gratuidade da taxa de inscrição no exame

Agora, versão digital será em 22 e 29 de novembro; Enem impresso permanece em 1º e 8 de novembro

 

- Acesse a página do Enem 2020

O Ministério da Educação (MEC) alterou as datas da aplicação da versão digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para os dias 22 e 29 de novembro. Não houve mudança no cronograma, nem nos dias das provas, da versão impressa do exame. De acordo com o ministro da Educação, a realização do Enem 2020, digital e impresso, está garantida. “É um ano de desafio, em razão da pandemia de coronavírus. No entanto, não é isso que vai fazer que percamos o ano [...] Não podemos deixar para depois uma geração inteira de médicos, enfermeiros, engenheiros e professores. Não faz sentido”, afirmou Abraham Weintraub.

Taxa de inscrição

O Inep informou também que vai assegurar a gratuidade da taxa de inscrição a estudantes que não conseguiram solicitar isenção no Enem 2020. O  prazo para fazer o pedido acabou no dia 17 de abril, porém, como muitas escolas estão com as atividades suspensas, em estados e municípios, em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus, o órgão acredita que houve alunos que não conseguiram realizar a solicitação do benefício.

Dessa forma, a concessão da gratuidade será dada pelo Inep, sem necessidade de solicitação pelos participantes, durante o período de inscrição do exame, que acontecerá de 11 de 22 de maio. A gratuidade será ofertada apenas a estudantes que atendam aos requisitos listados abaixo:

- cursem a última série do ensino médio em 2020, em escola da rede pública declarada ao Censo da Educação Básica;
- cursaram todo o ensino médio em escolas públicas ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio;
- estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda, inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que requer renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Atualizado em: 20/04/2020 - com informações do MEC

__________________________________________________

Inep lança editais do Enem 2020

Pela primeira vez, candidato poderá optar por realizar o exame impresso ou digital

 

- Acesse a página do Enem 2020

- Edital: Enem Digital 2020

- Edital: Enem Impresso 2020

 Nesta terça-feira, dia 31 de março, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou os editais do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020), que trazem as regras, orientações e o cronograma das provas. Pela primeira vez, o candidato poderá optar por realizar o exame impresso ou digital. Mesmo sendo aplicados em dias distintos, a inscrição para as duas versões do Enem devem ser realizadas no mesmo período, de 11 a 22 de maio, via internet, e a taxa de inscrição será de R$ 85 também para ambas. O Enem Digital será aplicado em 11 e 18 de outubro e o impresso, 1º e 8 de novembro.

A nota do Enem é uma das formas de acesso aos cursos superiores do Instituto Federal do Sul de Minas (IFSUDEMINAS). O candidato pode optar por usá-la durante processo seletivo próprio da instituição ou se inscrevendo via Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Confira, abaixo, um resumo do cronograma do Enem 2020:

Solicitação da isenção de taxa de inscrição 6 a 17 de abril
Justificativa de ausência no Enem 2019 6 a 17 de abril 
Resultado da isenção e da justificativa de ausência 24 de abril
Inscrições 11 a 22 de maio
Pagamento da taxa de inscrição 11 a 28 de maio
Solicitação de atendimento especializado do Enem Impresso 11 a 22 de maio
Solicitação para tratamento pelo nome social 25 a 29 de maio
Provas - Enem Digital 11 e 18 de outubro 22 e 29 de novembro
Publicação dos gabaritos do Enem Digital 21 de outubro
Provas - Enem Impresso 1º e 8 de novembro
Publicação dos gabaritos do Enem Impresso 11 de novembro

 

Informações do Mec

As inscrições podem ser realizadas na Página do Participante, no site do exame, ou no aplicativo Enem. O participante que optar por fazer o Enem 2020 impresso não poderá se inscrever na edição digital. Após concluir o processo, o candidato não poderá alterar a opção que escolher.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 85, que deverá ser pago até 28 de maio, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU) em qualquer banco, casa lotérica ou agência dos Correios. Neste ano, será obrigatória a inclusão de foto atual do participante no sistema de inscrição, que poderá ser utilizada para procedimento de identificação.

A estrutura do exame não foi alterada. Será mantida a aplicação de quatro provas objetivas (Linguagens e Códigos, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática), constituídas por 45 questões cada, e uma redação em língua portuguesa. Durante o processo de inscrição, o participante deverá selecionar uma opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol).

Enem Digital

A implantação do Enem Digital terá início neste ano, de forma progressiva. No primeiro ano do projeto, até 100 mil pessoas poderão fazer a prova no novo modelo. A previsão é que a consolidação da prova digital seja feita até 2026.

Serão disponibilizadas apenas 100 mil inscrições para os primeiros participantes que optarem pela edição digital. A estrutura do exame será igual à da versão impressa e será aplicado em locais autorizados pelo Inep. O participante deverá comparecer ao local de prova determinado, ainda a ser divulgado, para realizar o Exame. Não será possível fazer a prova em um computador particular.

Para o Enem 2020 digital, não haverá disponibilização de recursos de acessibilidade. Para participantes que requeiram e comprovem a necessidade, os recursos serão assegurados na edição do Enem 2020 impresso.

Isenção da Taxa de Inscrição

Pode solicitar o benefício, a partir de 6 de abril, o estudante:

- que cursar a última série do Ensino Médio, em 2020, em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar;

- que tiver cursado todo o Ensino Médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, além de ter renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio;

- que estiver em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda, devendo informar o Número de Identificação Social (NIS), único e válido, além de ter renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Os participantes que solicitaram isenção em 2019, não realizaram os dois dias de prova e querem solicitar a isenção para 2020 devem fazer a justificativa de ausência. As respostas dos pedidos têm previsão de divulgação em 24 de abril e, posteriormente, será aberto prazo para apresentação de recursos.

A aprovação da justificativa de ausência no Enem 2019 e da solicitação de isenção da taxa de inscrição para o Enem 2020 não significa que a inscrição foi realizada, pois são etapas distintas do processo. As regras valem para a versão impressa e digital.

Resultados

A data do resultado do Enem 2020 não foi divulgada no edital, mas a expectativa é que as pontuações individuais sejam liberadas para consulta em janeiro de 2021.

Texto: Ascom Reitoria/IFSULDEMINAS - com informações do MEC e do Inep
Data: 31/03/2020
Fim do conteúdo da página