Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > PROEX > Intercâmbio de Estágios
Início do conteúdo da página

Intercâmbio de Estágios

Projeto possibilita interação e intercâmbio de estágios entre os Institutos Federais do Sul de Minas e Goiano

Um projeto de intercâmbio de estágio entre o Instituto Federal do Sul de Minas (IFSULDEMINAS) e o Instituto Federal Goiano (IF Goiano) possibilitou que estudantes das duas instituições vivenciassem experiências de aprendizado prático e de troca de conhecimentos. Durante uma semana, entre os dias 30 de julho e 03 de agosto, 30 alunos do IF Goiano estiveram nos campi de Inconfidentes, Machado e Muzambinho. Já os campi de Ceres, Urutuaí e Morrinhos, do IF Goiano, receberam 36 estudantes do IFSULDEMINAS. Além de realizarem atividades práticas nos setores agropecuários dos campi, os estagiários também puderam participar de palestras e minicursos.

Experiências com culturas diferentes

DSC 1111

Dauana da Silva Dias é aluna do curso Técnico em Agropecuária subsequente do Campus Ceres e esteve no Campus Machado. Para ela, o estágio foi uma nova vivência. “Proporcionou uma experiência técnica para o mercado, já que saímos de nossa rotina para conhecer outro estado, outro campus”. Igor Vinicius de Morais Silva, também estudantente do curso Técnico em Agropecuária subsequente, do Campus Ceres, destacou a aprendizagem com o café mineiro. “Aqui tem muito café e não tínhamos contato com essa cultura. Achava desnecessário. Com o intercâmbio, percebi a importância que esse conhecimento me trouxe”.

Em contrapartida, um grupo de 10 estudantes do Campus Machado passou uma semana no Campus Ceres. Eles foram acompanhados pelo técnico em agropecuária Jonathan Ribeiro de Araújo. Na oportunidade, puderam verificar experiências desenvolvidas com mais de 200 espécies de pimentas (banco ativo de germoplasma), bem como culturas de abacaxi, banana e cana-de-açúcar. Também conheceram os sistemas de irrigação do Cerrado, desenvolvidos por pesquisadores daquela instituição. 

IMG 20180815 WA0120

Já do Campus Inconfidentes, 16 estudantes participaram do programa. Eles conheceram as instalações de setores como avicultura, bovinocultura, suinocultura, equoterapia e fruticultura dos campi Ceres, Morrinhos e Urutaí. Um dos jovens beneficiados pelo programa foi Isaac Santos Lima, do curso de Engenharia Agronômica. Segundo o estudante, atividades práticas marcaram a estada no IF Goiano. “Fizemos atividades de horta, de irrigação e prática de plantio de feijão e de tomate”, contou o aluno, destacando a expertise da instituição na produção industrial de derivados do tomate. “O forte deles é o trabalho com enlatados”, completou. 

Para Isaac, realizar o estágio, em Goiás, permitiu comparar as diferentes tecnologias próprias da agricultura familiar e as utilizadas no agronegócio. “O tipo de área de plantio na região do IFSULDEMINAS é de agricultura familiar. Lá em Goiás, a gente teve uma visão mais ampla, pois os agricultores trabalham em grandes áreas”, disse o estudante.

Já Jusiele Pereira Andrade, também aluna do curso de Engenharia Agronômica, cumpriu o estágio no Campus Urutaí. O que mais chamou a atenção da estudante foram os trabalhos no setor de Equoterapia. “Não conhecia essa técnica. Foi emocionante ver o quanto eles [equipe do IFGOIANO] são humanos com os integrantes do projeto”, reconheceu a aluna, sobre o tratamento desenvolvido pelo Instituto Federal Goiano com os portadores de mal de Parkinson, de Alzheimer e autismo.

fotook

O Campus Inconfidentes também recebeu estudantes do IF Goiano, foram nove intercambistas que viajaram cerca de 30 horas para chegar ao sul de Minas. Leilisângela Alves, aluna de Agronomia do Campus Morrinhos, foi uma das participantes. Sobre o aprendizado no campus do IFSULDEMINAS, a estudante ressaltou a influência do relevo regional na produção agrícola. "Aqui, o relevo é bem diferente [do encontrado em Goiás]. Vocês visam muito à agricultura familiar e à produção de café, por causa das montanhas. Em Morrinhos, trabalhamos com grandes culturas, como milho, sorgo, soja, cana e algodão, por causa da planície”, apontou a jovem de 23 anos.

Para o coordenador-geral de estágios, egressos e empregos do IFSULDEMINAS, Alex Silva, “o projeto permite a troca de experiências entre as Instituições de ensino, bem como o intercâmbio de novas ideias, conceitos e técnicas, criando habilidades e competências".

Texto: Ascom/ IFSULDEMINAS -  Reitoria e campi de Inconfidentes e Machado
16/08/2018 

Goiás em Machado

Machado em Goiás

Muzambinho

Inconfidentes

Ouça a Federal FM 

 

Fim do conteúdo da página