Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Audiência pública

IFSULDEMINAS participa de audiência pública na Assembleia de Minas para solicitar investimentos em cursos voltados à energia fotovoltaica

foto1Junto a outras instituições de ensino profissionalizante de Minas Gerais, o Instituto Federal do Sul de Minas (IFSULDEMINAS) participou na terça-feira, 02 de maio, de uma audiência pública da Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa do Estado (ALMG), em Belo Horizonte, para solicitar recursos destinados à oferta de capacitação técnica de mão de obra para a produção de energia solar fotovoltaica.

Também estiveram presentes representantes do Campus Ribeirão das Neves do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG), do Serviço Nacional de Aprendizagem de Minas Gerais (Senai-MG), da Fundação Cefet Minas, do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG), da CEMIG, da Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD), da Agência de Cooperação Alemã-GIZ, da subsecretaria de Desenvolvimento da Educação Básica da Secretaria de Estado de Educação e da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica/Setec/ MEC.

O diretor de Desenvolvimento Institucional do IFSULDEMINAS, Paulo Roberto Ceccon, acredita que os jovens mineiros precisam se preparar para a expansão do mercado fotovoltaico, responsável por 70% da energia limpa produzida no país. "Com um laboratório, nós teríamos condições de criar cursos técnicos e de especialização. Já temos as pessoas capacitadas, falta o investimento”, explica. 

 

O IFSULDEMINAS está em fase de implantação do projeto IFSolar, responsável pela instalação de placas fotovoltaicas para geração de energia elétrica a partir da radiação solar nos campi e Reitoria. O projeto pioneiro abrange não apenas o Instituto Federal do Sul de Minas, mas outras 15 instituições da Rede Federal. Ao todo, estima-se que 82 unidades farão a instalação dos painéis fotovoltaicos.

Além da iniciativa com o projeto IF Solar, o Campus Poços de Caldas está trabalhando na implantação de um curso técnico em Energia Solar Fotovoltaica. Os professores da área de Engenharia Elétrica da unidade participaram de várias capacitações e treinamentos sobre o tema.

foto6O diretor-geral do IFMG - Campus Ribeirão das Neves, Charles Martins Diniz, comentou que o cenário é favorável para o treinamento sistematizado nos diversos institutos federais de todo o Estado, já que a perspectiva de crescimento na área é grande. “Temos condições e estamos prontos para fazer essa formação. Minas Gerais é o estado com o maior número de conexões fotovoltaicas do Brasil, ultrapassando São Paulo, e até 2024 esses pontos podem chegar a 1,2 milhão, sendo que a maior parte serão pequenas usinas e residências”, afirmou Charles.

Parcerias

Reivindicaram mais investimentos na área o presidente da Fundação Cefet Minas, Paulo Eduardo Maciel Almeida, e o diretor-geral do Instituto Federal do Norte de Minas – Campus Montes Claros, Renato Afonso Cota Silva. “Buscamos parcerias no setor público”, ponderou Renato.

Autor do requerimento para realização da reunião, o deputado Bosco (PTdoB) destacou a importância de Minas Gerais no cenário nacional de geração de energia fotovoltaica e o fato de o mercado estar em franca expansão, propiciando grandes oportunidades de emprego aos jovens.

Dos requerimentos aprovados, ao final da reunião, dois deles foram para visitas, a pedido do deputado Bosco, ao secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e ao ministro da Educação, com o objetivo de apurar ações para formação de mão de obra especializada destinada a atender o mercado de desenvolvimento e produção de energia solar fotovoltaica.

Texto: Ascom/Reitoria IFSULDEMINAS com informações da Assessoria da Assembleia de Minas

Fotos: Arquivo IFSULDEMINAS e Assembleia de Minas
05/05/2017

Fim do conteúdo da página