Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Parceria

Rede Federal e Embrapa ampliam parceria

A atuação conjunta para o fortalecimento da educação profissional e da inovação nas cadeias produtivas do setor agropecuário brasileiro é objeto de Acordo de Cooperação Técnica firmado pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Ministério da Educação (MEC). No período de cinco anos, a contar de junho de 2016, serão desenvolvidas diversas iniciativas que contemplarão a formação técnica, a pesquisa e a inovação nas áreas de recursos naturais e produção alimentícia.

O acordo abrange a elaboração e/ou adaptação de material didático; a estruturação e implantação de cursos presenciais de especialização técnica em nível médio e em nível superior; a oferta de cursos e treinamento a distância; o desenvolvimento de pesquisa e inovação; e a promoção de eventos técnico-científicos. Os trabalhos para a efetivação das ações terão início em julho de 2016.

As atividades serão realizadas nos campi agrícolas da Rede Federal e as aulas teóricas dos cursos de especialização de Nível Médio ministradas nas dependências das unidades da Embrapa. Uma Comissão de Avaliação e Monitoramento, composta por representantes da Setec, do Conif e da Embrapa, coordenará as ações.

De acordo com o reitor do Instituto Federal do Sul de Minas Gerais (IFSULDEMINAS), Marcelo Bregagnoli, que participou efetivamente dos diálogos para a oficialização da cooperação técnica, a iniciativa alcançará cerca de 200 unidades da Rede Federal e fortalecerá a relação entre as instituições. “A formalização do convênio é fruto das já existentes parcerias entre os campi agrícolas da Rede e a Embrapa. O próximo passo para a efetivação do acordo será o levantamento das ações já existentes que abordem os temas previstos”.

Para o coordenador da Câmara de Educação do Campo do Conif e reitor do Instituto Federal Baiano (IF Baiano), Geovane do Nascimento, o cumprimento do acordo trará importantes contribuições. “A parceria traz amplas iniciativas que permitirão o fortalecimento da educação profissional e da inovação nas cadeias produtivas do setor agropecuário brasileiro. O Brasil, os estudantes e as instituições serão beneficiados”, enfatiza.

Texto: Assessoria de Comunicação Conif
22/06/2016

registrado em:
Fim do conteúdo da página